A origem do termo "artes marciais"

A origem do termo "artes marciais"

O termo "artes marciais" refere-se à arte da guerra, tendo origem ocidental e latina.[2][3] Este termo é vinculado ao deus da guerra romano Marte que, na mitologia grega, era chamado Ares. Assim, as artes marciais, segundo a mitologia romana, são as artes militares ensinadas aos homens. Hoje em dia, o termo artes marciais é usado para todos os sistemas de combate de origem oriental e ocidental, com ou sem o uso das tradicionais armas de artes marciais.
No oriente, existem outros termos mais adequados para a definição destas artes, como wu shu ("arte de guerra"), na China e bu-shi-do ("caminho do guerreiro"), no Japão.
Muitas destas artes de guerra do Oriente e Ocidente deram origem a artes que são praticadas atualmente em todo o mundo, como: o Wushu (popularmente conhecido no ocidente como Kung Fu), o taekwondo, a esgrima, o arqueirismo (tiro com arco), o hipismo, o boxe, o savate, o judô, o karatê, a luta olímpica (a luta greco-romana e a luta livre olímpica), o ninjutsu etc. Nas modalidades de cunho mais esportivo, (esporte de combate) o objetivo principal são as competições.
Por outro lado, as modalidades que têm uma origem mais marcial (kombato, krav magá, etc.) têm como objetivo a defesa pessoal em situações de risco, durante combate corpo a corpo sem regras, muitas vezes com enfoque na formação do caráter do ser humano.
No Japão, estas artes são chamadas de Bu-Dô ou "Um caminho educacional através das lutas".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DO DEFENJUTSU

FOTOS ANTIGAS DOS PRIMEIROS ALUNOS DO MESTRE FABRICIO

GRADUAÇÃO DO DEFENJUTSU